Campanha do agasalho incentiva a solidariedade em tempos de coronavírus

É chegado o tempo de aquecer o coração e ajudar a espalhar calor humano por Santa Catarina. E o Angeloni convida a população a se unir em uma grande rede de solidariedade.

25.05.2020

O Angeloni inicia nesta segunda-feira (25) mais uma grande ação de solidariedade para a comunidade catarinense em parceria com clientes e sociedade: a Campanha do Agasalho da Rede mobilizará todos para proporcionar um inverno mais aquecido às famílias carentes. Assim, até 31 de julho, em todas as lojas e postos do grupo haverá caixas coletoras para receber as doações de roupas, calçados, cobertores, enfim, qualquer tipo de agasalho que possa ajudar aqueles que sofrem com o frio.

Este ano, devido à pandemia do coronavírus, a situação agravou a necessidade da população se unir e a proposta do Angeloni é tornar a época mais gelada do ano na estação em que os corações mais se aquecem, para que contribuam buscando, em seus armários, peças que ajudarão a amenizar o sofrimento de quem não tem como enfrentar as baixas temperaturas. 

A ação de solidariedade envolve todas as unidades onde a Rede está presente, em Santa Catarina e Paraná, desde arrecadação, logística e entrega. Em Itajaí, Balneário Camboriú e Porto Belo, as doações feitas nas lojas e posto nas cidades serão encaminhadas à Assistência Social de cada município.

Não perca mais tempo e vá até o Angeloni mais próximo de você. Lembre-se de que as roupas que você não usa mais podem ajudar a aquecer alguém neste inverno. 

Onde entregar sua doação: 
Loja do Angeloni na Rua Brusque, 358, Centro, Itajaí
Angeloni na Av. do Estado, 2440, Bairro das Nações, Balneário Camboriú 
Angeloni na 4ª Avenida, 880 – Centro, Balneário Camboriú
Posto Angeloni na Rodovia BR 101, km 156,3, Bairro Alto Perequê, Porto Belo.

Fonte: Assessoria

Voltar ao Topo

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Envie sua notícia

47992624189

© 2019 SANTA CATARINA NEWS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
Livre reprodução, transmissão ou redistribuição dos conteúdos sem edição. Pede-se a citação do crédito.

Site desenvolvido por: