Prefeitura de Agrolândia decreta emergência após enxurrada

A Prefeitura de Agrolândia, no Vale do Itajaí, decretou situação de emergência nesta quinta-feira (7) após a enxurrada que atingiu o município na noite de quarta (6). Uma morte foi registrada, de um motociclista arrastado por uma correnteza. Houve prejuízos nas áreas urbana e rural.

Depois da chuva, as ruas de Agrolândia ficaram cheias de móveis e eletrodomésticos. Na noite de quarta, mais de 100 casas foram alagadas.

"Só deu tempo de eu tirar as crianças mesmo porque, olha, tudo [foi levado]. Só sobrou a geladeira dentro de casa e a pia mesmo. O resto foi tudo. Foi carro, foi guarda-roupa, foi roupa, tudo", relatou a comerciante Giani Fernanda Metzger.

Os moradores contam que a rua se transformou em um rio. Foi tanta água que, para se proteger, a família do operador de máquina Alexandre Geremias precisou subir no telhado.

"Só deu tempo de erguer os freezers mesmo. A água veio e já começou a entrar debaixo da porta. Quando vimos, saímos para lá daí disse 'vamos sair para fora da casa'. Quando nós saímos para cá, já estava só uma correnteza. Daí não conseguimos mais sair, fomos obrigados a nos refugiar lá para trás na outra casa. Estouramos o forro e subimos por cima do forro", contou.

Estragos
O prefeito, Urbano José Dalcanale (MDB), comentou os estragos: "A gente não tem levantado quantitativamente [ainda]. Nós tivemos vários prejuízos, na parte urbana, da cidade, comércio também. Área rural também, com vários proprietários com prejuízos, como o exemplo de uma granja de aves que teve a perda total, com mais de 11 mil aves que ali estavam, foram todas levadas pela enxurrada, e outras plantações também".

Nesta quinta, 30 pessoas ainda estavam em um abrigo montado em uma igreja. "Foi um susto grande, a gente nunca esperava. Sempre dava aquelas enchentes em Agrolândia, nós dizíamos 'nunca que vai bater na nossa casa aqui porque o dia que bater na nossa casa é que Agrolândia vai alagar tudo'. E, ó, aconteceu né? Aconteceu pra nós também", disse o auxiliar mecânico Pedro Paulo Kempner.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também