Coronavírus em SC: Abertas inscrições para catarinenses participarem de grupo internacional de pesquisa

24.03.2020

Pesquisadores catarinenses têm até o dia 31 de março para se inscrever na chamada internacional “Desenvolvimento de terapêutica e diagnóstico para combater infecções por coronavírus”, realizada pela União Europeia. A Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação de Santa Catarina (Fapesc) já aderiu ao edital e será apoiadora de quatro projetos, de até 40 mil euros cada, que tenham profissionais de Santa Catarina na equipe. A seleção é voltada para pesquisadores com doutorado.

O objetivo é identificar novas formas de tratamento e de diagnóstico precoce. “Sabemos que as soluções de grandes problemas e desafios da humanidade, como esta pandemia de Covid-19, não acontecem da noite para o dia, mas é preciso estarmos atentos. É preciso investirmos em pesquisas, tecnologias e inovação e avançarmos no conhecimento humano. Pensando nisso a Fapesc, juntamente com o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), aderiu a proposta para instituições brasileiras se associarem a essa Chamada”, observa o presidente da Fapesc, Fábio Zabot Holthausen.

As equipes europeias irão avaliar as inscrições até 15 de abril. Podem participar instituições e pesquisadores brasileiros com projetos que tenham a coordenação de um cientista europeu ou de um país associado ao Horizon 2020.

"O mundo anseia pela prevenção, cada um fazendo sua parte. Estamos debruçados na busca de soluções, tanto na área econômica, como em avanços na pesquisa e na inovação. Temos grandes talentos em Santa Catarina que podem e vão contribuir e muito na identificação de novas formas de tratamento e diagnóstico, no cenário mundial", acrescenta o secretário de Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE), Lucas Esmeraldino.

A chamada é realizada pela Innovative Medicines Initiative, em parceria com a União Europeia e a European Federation of Pharmaceutical Industries and Associations (EFPIA). As entidades europeias irão disponibilizar 45 milhões de euros para essas pesquisas. Outros estados brasileiros também estão aderindo através de suas Fundações estaduais, como a Fapesc.

“Queremos contribuir com quem está estudante e pesquisando as causas e efeitos desta pandemia. Pois o conhecimento servirá para hoje e para outras eventuais epidemias ou pandemias futuras”, complementa Holthausen.

Como submeter proposta
Todos os detalhes do edital, assim como links para a submissão de propostas, são encontrados no site da Fapesc.

Fonte: Fapesc

Voltar ao Topo

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Envie sua notícia

47992624189

© 2019 SANTA CATARINA NEWS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
Livre reprodução, transmissão ou redistribuição dos conteúdos sem edição. Pede-se a citação do crédito.

Site desenvolvido por: