Pesquisa divulga avaliação do governo Bolsonaro

Divulgação

O Instituto de Pesquisa Ranking realizou um levantamento com dados sobre a avaliação do presidente Jair Bolsonaro e a comparação com o mandato de presidenciais após o regime militar. Foram entrevistados 3.070 eleitores por telefone em 163 municípios da república federativa do Brasil. Região Sul 15,06%, região Sudeste 42,55%, região Nordeste 27,13%, região Norte 8,16%, região Centro-Oeste 7,10%. O intervalo de confiança é de 95% e a margem de erro 2,5%, para mais ou para menos.

O levantamento indica o melhor presidente brasileiro após regime militar. A maioria dos entrevistados (28,11%) citou Lula. Em segundo, o tucano Fernando Henrique Cardoso (16,17%). Depois aparecem Bolsonaro (11,21%), Michel Temer (MDB, 3,13%), Itamar Franco (falecido, 1,06%), Dilma Roussef (PT, 0,85%), José Sarney (MDB, 0,65%) e Fernando Collor (Pros, 0,46%). Não sabem ou não responderam 38,36%.

Na avaliação do atual presidente Jair Bolsonaro, 28,72% classificam bom ou ótimo, 44,21% consideram ruim ou péssimo e 24,39% dizem ser regular e 2,68% não sabem ou não responderam. Os que aprovam o desempenho do governo são 44,03% e os que desaprovam 52,54%, ao passo que 3,43% não sabem ou não responderam a esse quesito.

A empresa disponibiliza ao público dados variados sobre tendências e preferências da população, fortalecendo o conceito de diversidade sobre como a população enxerga o momento e os fatos relevantes que ocorrem no País.

O Instituto Ranking, é uma empresa formada por profissionais experientes que atende os seus clientes desde 2002 e sediada na cidade de Campo Grande, capital do Estado de Mato Grosso do Sul.

A pesquisa completa da Ranking, com o quadro geral de avaliação das principais questões nacionais podem ser acompanhadas no link.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também