Deficientes visuais participam de colheita de mirtilo no Oeste de Santa Catarina

Os visitantes também tiveram a oportunidade de receber explicações sobre os benefícios do consumo da fruta para a saúde.

13.10.2019

Um grupo formado por 20 pessoas com deficiência visual viajou de Curitiba (PR) e São Paulo (SP) para conhecer um pomar de mirtilo em Itá, no Oeste catarinense. Os turistas participaram da colheita da pequena fruta, que está em crescimento no mercado agropecuário e também é tema de festa no município.

A colheita é feita de forma manual, com avaliação da textura e da cor. Os visitantes tiveram a oportunidade de apanhar as frutas e também receberam explicações dos responsáveis pela plantação.

"O mirtilo é uma fruta de origem norte-americana, conhecida como a fruta da longevidade. É uma frutinha pequena, mas cheia de antioxidantes naturais. O mirtilo tem uma sensibilidade muito grande na colheita", explicou o agricultor Gleison Minella.

Turismo de inclusão
O turismo para cegos e pessoas com baixa visão precisa de roteiros detalhados, que envolve uma série de preocupações que envolve a inclusão e a integração no local da visita. Um dos projetos que envolve o processo é o "Ampliando Horizontes", da designer de turismo sensorial Audmara Veronese.

"Toda preocupação do roteiro está em tornar a pessoa com deficiência visual o protagonismo na viagem", disse.
Para o massoterapeuta Geons Galdino a experiência foi de novos aprendizados.

"Acho muito importante esse envolvimento com outras culturas, com outras pessoas, levando essa troca, essa informação de que o deficiente visual pode participar de outras coisas, como passeios", afirmou.

Fonte: G1 SC/NSC TV

Voltar ao Topo

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Envie sua notícia

© 2019 SANTA CATARINA NEWS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
Livre reprodução, transmissão ou redistribuição dos conteúdos sem edição. Pede-se a citação do crédito.

Site desenvolvido por: