Gol de Campanharo, balões e minuto de silêncio: as homenagens a Rafael Henzel na Arena

O jornalista Rafael Henzel, falecido na última terça-feira (26), foi lembrado durante a partida de ontem entre Chapecoense e Criciúma, pela terceira fase da Copa do Brasil, na Arena Condá. A primeira homenagem ocorreu na entrada dos dois clubes em campo. Com balões brancos, os jogadores de Chape e Tigre foram aplaudidos pelos torcedores presentes nas arquibancadas.

Na sequência, antes da bola rolar, o estádio ficou em silêncio e respeitou o minuto de silêncio pela morte do profissional de 45 anos, que sofreu um infarto fulminante e era um dos quatro sobreviventes do acidente que vitimou 71 pessoas da delegação do Verdão em novembro de 2016.

As homenagens não pararam por aí. Aos 38 minutos do segundo tempo, Gustavo Campanharo marcou o segundo gol da partida e, na comemoração, pegou o microfone de um radialista e o levantou dedicando ao profissional que narrou muitos tentos do Verdão do Oeste na carreira.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também