Professora da UFSC ganha prêmio nacional de tradução

Dirce Waltrick do Amarante venceu na categoria prosa com a tradução de “Finnegans Wake (por um fio)”, de James Joyce

11.07.2019

A professora de artes cênicas e coordenadora da PGET (Pós-graduação em Estudos da Tradução), da UFSC, Dirce Waltrick do Amarante ganhou o Prêmio ABRALIC de Tradução – Prêmio Boris Schnaiderman, na categoria Prosa, pela tradução de “Finnegans Wake (por um fio)”, de James Joyce. A autora foi responsável pela seleção, organização e também posfácio da obra, publicada pela editora Iluminuras em 2017.

Estudiosa da obra de Joyce, a proposta de tradução partiu da autora, que queria contar a história por esse viés há alguns anos, quando fez seu primeiro pós-doutorado em 2006. “Me propus a seguir um dos muitos fios narrativos do livro, a contar uma das muitas histórias dele, tentei destacar aspectos específicos dos personagens sempre dentro desse fio escolhido. Meu livro trata especificamente da família nuclear da história: H.C.E, Anna Livia Plurabelle e seus filhos Shem, Shaun e Issy. Claro que o fio foi uma escolha pessoal, mas realmente está no livro”, conta Dirce, que teve o aceite de seu editor, Samuel Léon. Em 2016, no terceiro pós-doc na USP e Fundação James Joyce, em Zurique, ela começou o trabalho.

A obra ganhou prefácio de Patrick O’Neill, professor emérito da Queen’s University (Canadá), e orelha de Vitor Slevato do Amaral, professor da Universidade Federal Fluminense.

A pesquisa sobre James Joyce mobiliza a autora já há muito tempo. Com o marido Sérgio Medeiros,  também professor da UFSC e um profundo estudioso da obra do escritor irlandês, ela já traduziu três livros.Também transpôs obras infantis de Joyce, como “Os gatos de Copenhague” e traduziu um capítulo inteiro da grande obra do autor, como no livro em “Para ler Finnegans Wake de James Joyce”.

Também organiza desde 2002 em Florianópolis, junto a professora Clélia Mello, o Bloomsday, dia em que se celebra o um dos personagens do autor, Leopold Bloom, de “Ulisses”.

Dirce irá receber a premiação em uma cerimônia no dia 17, em Brasília. Integrou o júri os professores Walter Carlos Costa (UFC), Luis S. Krausz (USP?, Vojislav Aleksandar Jovanovic (USP), Eclair Antonio Almeida Filho (UnB) e Henryk Siewierski (UnB), que também destacaram na categoria Poesia, a tradução de Letícia Mei de “Sobre isto”, de Vladímir Maiakóvski.

Fonte: ND+

Voltar ao Topo

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Envie sua notícia

(47) 99262-4189

© 2019 SANTA CATARINA NEWS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
Livre reprodução, transmissão ou redistribuição dos conteúdos sem edição. Pede-se a citação do crédito.

Site desenvolvido por: