Gastos de brasileiros no exterior diminuem em janeiro

Os gastos de brasileiros no exterior recuaram 15% em janeiro com alta do dólar. As despesas lá fora somaram US$ 1,689 bilhão no mês passado, contra US$ 2 bilhões no mesmo período de 2018, de acordo com dados do Banco Central.

O chefe do Departamento de Estatísticas do BC, Fernando Rocha, indicou que a taxa de câmbio foi um dos principais elementos que levaram ao resultado: “nós tivemos depois da recessão uma redução na conta de viagens, com a recuperação a despesa líquida aumentou em 2018 e em 2019 reduziu. O que parece ser o melhor elemento para explicar isso parece ser o desempenho da taxa de câmbio”.

Em janeiro de 2018, o dólar médio para venda estava na casa de R$ 3,21. No primeiro mês de 2019, por sua vez, somou R$ 3,74.

Com a escalada, as viagens de brasileiros ao exterior ficaram mais caras. Isso porque as passagens e as despesas com hotéis, por exemplo, são cotadas em moeda estrangeira.

Além da taxa cambial, o nível de atividade, que tem impacto no emprego e na renda do brasileiro, também é outro fator que influencia nos gastos fora do Brasil.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também