Exposição em São José ajuda ví­timas de violência doméstica a recuperarem o amor próprio, 

As moradoras de São José contam com um projeto específico para valorizar a mulher. O Espelho Meu: ‘Prevenção à violência de gênero por meio da linguagem fotográfica’ surgiu com o objetivo de resgatar a autoestima de mulheres que foram vítimas de violência doméstica e se transformou em símbolo do combate à violência ao valorizar a imagem delas por meio de ensaios fotográficos. 

Ao todo, 10 mulheres foram selecionadas entre as que tinham medida protetiva ativa, que já haviam tido passagem pela DPCAMI ou que estavam abrigadas em uma ONG com sede no município. A exposição é itinerante e está exposta no hall de entrada prefeitura de São José. 

As imagens foram retratadas voluntariamente por alunos da Câmara Criativa sob o comando do professor, Radilson Carlos Gomes. As professoras da Rede Municipal de Ensino de São José, Edi Silva Foppa e Rachel da Silva, fizeram a produção de cabelo e unhas das mulheres na Escola Profissional de Campinas dirigida pelo professor, Luis Antonio de Aguiar, e as psicólogas clínicas Patrícia França Alborghetti e Fernanda Cristina Segatto atenderam gratuitamente as participantes. 

Todos os ensaios externos foram produzidos em pontos turísticos da cidade de São José como o Centro Histórico e a Ponta de Baixo. “A fotografia é uma ferramenta de transformação social e sua potência está em cada um de nós. Através do trabalho humanizado que desenvolvemos na escola, conseguimos promover este click solidário, que faz com que a fotografia cumpra o papel solidário que ela tem para mim”, afirmou o professor de fotografia, Radilson Carlos Gomes. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também