Acadêmicas de Arquitetura e Urbanismo da Católica SC conquistam primeiro lugar em concurso internacional

Uma das equipes participantes foi a vencedora no Designer's Choice Top Designs, da Covid-19 Community Memorial Design Competition

28.11.2020

Uma equipe de acadêmicas de Arquitetura e Urbanismo da Católica de Santa Catarina, em Joinville, conquistou o primeiro lugar no Designer's Choice Top Designs, promovido pela DesignClass. O concurso tinha como objetivo buscar o desenvolvimento de um projeto para um memorial para as vítimas de Covid-19 (Covid-19 Community Memorial Design Competition). Mais de 250 trabalhos de diferentes países foram apresentados.

O trabalho mais votado teve como autoras Alessandra Branco Moreira, Alexia Manske, Amanda Monaco e Caroline Deretti. Os outros dois inscritos pela Católica SC conquistaram o quarto e sétimo lugar. Eles foram produzidos, respectivamente, por Camila Lemke Inácio, Eduardo Henrique Lutz Cercal e Leandro Cercal; e Amanda Pereira Espindola, Juliana Bueno Guedes, Luiz Fellipe dos Santos José e Sayonara Becker Noronha Gonçaves.

O desenvolvimento das criações ocorreu durante o concurso Charrete, realizado como parte da programação da Semana Acadêmica de Arquitetura e Urbanismo (SAAU 2020), em outubro. Os três melhores projetos desenvolvidos durante a semana acadêmica foram inscritos no concurso internacional. "A participação dos alunos em premiações acadêmicas é essencial para a formação do arquiteto. Traz retorno muito antes do início da carreira pois impulsiona e acelera a inserção no mercado de mercado. Nós, enquanto Católica SC, sentimos muito orgulho por receber esse prêmio, juntamente com os alunos", afirma Kátia Cristina Lopes de Paula, coordenadora de Arquitetura e Urbanismo.

"Valeu a pena todo nosso esforço como grupo. Além de termos conquistado um lugar no próprio projeto Charrete, conseguimos evoluir e ir para uma competição internacional, o que deixou a gente muito contente", conta Amanda Monaco. "A faculdade, além de apoiar a gente em conquistar concursos como esses, ampara disponibilizando os professores e demais plataformas para conquistarmos nosso melhor e ter reconhecimento, como estudantes e futuros profissionais. Não teríamos conquistado nada disso sem a instituição", acrescenta.

O conceito do projeto

O projeto da equipe de Amanda foi idealizado para ser instalado no Instituto Inhotim, em Brumadinho (MG). "A dualidade das vivências humanas perante a pandemia do Covid–19 é representada por dois corredores semicirculares, que celebram os partidos e buscam o meio termo entre as energias opostas do luto e da celebração da vida e, assim, alcançam o equilíbrio", detalha. Os corredores direcionam o usuário para uma área comum. Já o pátio tem como função ser um ambiente de reflexão.

Ao chegar ao final de cada corredor, o usuário se depara com árvores, que têm como proposta despertar esperança e compreensão quanto ao ciclo da vida. "O ambiente conta também com a presença de bancos e áreas sombreadas, reforçando a ideia de introversão", pondera.

O corredor, que representa o luto, é formado por placas de concreto, que levam gravados os nomes das vítimas do Covid-19 no Brasil, como alternativa para homenageá-los. "As placas, posicionadas verticalmente, geram efeitos de luz e sombra que se projetam e se modificam no decorrer do dia", diz.

O corredor que representa a vida foi desenvolvido com uma parede de concreto translúcido e uma estrutura de elementos vazados, que representam os brônquios do pulmão, um dos órgãos que mais fica com sequelas depois do tratamento contra o vírus. "A trajetória dessas pessoas foi interrompida abruptamente e a sua existência se tornou invisível. Por essa razão, que o espaço foi pensado, para haver introspecção, reencontro, reflexão e saudação para acolher o luto, calado e oprimido", finaliza.

Sobre a Católica SC

A Católica SC é um centro universitário com unidades em Jaraguá do Sul, Joinville, Itajaí e Florianópolis. Tem mais de quatro mil alunos em cursos de graduação, pós-graduação, cursos livres e Educação a Distância. Em 31 de agosto, completou 47 anos de atuação, sempre de olho no futuro e na inovação, mas sem esquecer suas origens.

Em Jaraguá do Sul, foi fundada em 1973 como Fundação Educacional Regional Jaraguaense (FERJ), uma instituição comunitária sem fins lucrativos. O primeiro curso, oferecido em 1976, foi o de Estudos Sociais e tinha o objetivo de formar professores. Nos anos seguintes, foram criados diferentes cursos que buscavam atender às demandas da região e contribuir para o desenvolvimento econômico local. Conta com dois endereços na cidade: a tradicional sede na rua dos Imigrantes, 500, e um espaço inaugurado em 2019 na Marechal Deodoro da Fonseca, 632, Centro. 

A unidade em Joinville está localizada no prédio da antiga Wetzel e reforça sua tradição ao ocupar um espaço que faz parte da história da cidade. Tem cursos de graduação e de pós-graduação nas mais diversas áreas e conta com laboratórios e equipamentos de última geração.

O polo em Itajaí fica no piso L3 do Itajaí Shopping Center. Em Florianópolis, está localizado na rua Esteves Júnior, 280, Centro.

Fonte: Assessoria de imprensa

Voltar ao Topo

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Envie sua notícia

47992624189

© 2019 SANTA CATARINA NEWS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
Livre reprodução, transmissão ou redistribuição dos conteúdos sem edição. Pede-se a citação do crédito.

Site desenvolvido por: