Programa de formação de desenvolvedores da ACATE e SENAI recebe 431 inscrições, sendo 120 de mulheres

Essa edição irá disponibilizar 15 bolsas integrais; cinco exclusivas para elas
Imagem ilustrativa
Janeb13 / Pixabay

A segunda turma do DEVinHouse, iniciativa da Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE) e do SENAI para impulsionar a formação de desenvolvedores, teve 431 inscritos, sendo 120 mulheres. Os interessados passaram por uma prova para concorrer às 45 vagas. Nesta turma, serão disponibilizadas 15 bolsas de estudo integral — 10 para pessoas em carência financeira e cinco exclusivas para mulheres. A fintech Conta Zap, patrocinadora desta edição, contratará, no mínimo, 15 alunos do programa. As aulas começam dia 28 de junho. 

As inscrições para as próximas turmas começam no dia 05 de julho. A segunda turma do programa será patrocinada pelas empresas Teltec e BRy e a terceira pela Involves e Paripassu. Neste ano, iniciarão a formação mais 225 futuros desenvolvedores no projeto, que iniciou em novembro de 2020. Mais informações sobre o DEVinHouse estão disponíveis neste link <http://devinhouse.sesisenai.org.br>. 

As cinco bolsas de estudos, que serão destinadas às mulheres com melhor pontuação na prova, foram proporcionadas pelo lucro da venda do livro “Ponte para a Inovação: como construir um ecossistema empreendedor”. A construção da obra foi viabilizada a partir dos patrocínios da CTG Brasil, Engie, Únilos Cooperativa de Crédito, ArcelorMittal e Invisto, com o apoio da ACATE e do Sebrae Santa Catarina. As próximas turmas do DEVinHouse também serão beneficiadas com as bolsas para mulheres. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também