Instituto Pe. Vilson Groh abre inscrições para Projeto “Caixa Tem – Programa Pode Crer”

Divulgação

Estão abertas as inscrições para o projeto “CAIXA Tem – Programa Pode Crer – Acreditando nos Sonhos e nos Talentos do Futuro, uma iniciativa do Instituto Pe. Vilson Groh (IVG) com o patrocínio da Caixa. O Sebrae/SC é parceiro do IVG neste projeto.

O projeto é uma primeira iniciativa do Programa Pode Crer, que tem o propósito de transformação social da cidade na perspectiva da inovação social, a partir da educação complementar de crianças, adolescentes e jovens dos morros e periferias da Grande Florianópolis em tecnologia, além de integrar estas áreas ao ecossistema de inovação da cidade. O Programa também conta com o apoio da FIESC, ACATE, Floripa Sustentável, WOA Empreendimentos Imobiliários, Organização Internacional para as Migrações (OIM), Associação Catarinense de Medicina (ACM).

O Programa PODE CRER parte do princípio de que os jovens da periferia não são uma ameaça e sim uma oportunidade para a cidade. É um grande capital social. Uma força de criatividade e de trabalho subaproveitada e mal qualificada, e algumas vezes perdida precocemente para a violência. 

Com o Programa Pode Crer, o IVG busca construir e solidificar uma ponte entre a necessidade das empresas de tecnologia e economia criativa em contar com pessoas preparadas, e a importância de melhorar o nível de educação e da capacidade de geração de renda das comunidades da periferia da Grande Florianópolis.

O Centro Cultural Escrava Anastácia (CCEA) e a Associação João Paulo II (APJII) são correalizadores do projeto em 2021.

Trilhas formativas do Pode Crer

Em 2021, serão desenvolvidas atividades educativas e culturais a partir de três trilhas formativas para diferentes faixas etárias. O projeto pretende atender 320 crianças, adolescentes e jovens, estes últimos, também, com o encaminhamento para o mercado de trabalho.  O curso é totalmente gratuito.

Trilha 1: formação das crianças e adolescentes entre 11 e 13 anos nas áreas de tecnologia,educação financeira, inglês, artes e meio ambiente. 

Serão atendidas 70 crianças na Associação João Paulo II, na Comunidade da Praia, bairro Ponte do Imaruim, Palhoça/SC.

As inscrições devem ser feitas presencialmente e permanecem abertas nos dias de semana, de 9h até 12h e das 13h às 15h.

Trilhas 2 e 3: formação de adolescentes e jovens a partir dos 14 anos de idade, nas áreas da tecnologia, empreendedorismo, inglês, cultura, cidadania, desenvolvendo competências técnicas e socioemocionais.

Serão atendidos 250 adolescentes e jovens no Centro Cultural Escrava Anastácia – CCEA, no bairro Balneário do Estreito, Florianópolis/SC.

As inscrições devem ser feitas presencialmente e permanecem abertas nos dias de semana, de 9h às 12h e das 13h às 17h. 

A aula inaugural será nesta sexta-feira, 26/02, a partir das 9 horas. O CCEA irá entrar em contato com os educandos, para formar grupos pequenos com horários específicos para estarem presentes na instituição. O intuito é respeitar as medidas de distanciamento social e prevenção à Covid-19.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também