Hospital Sadalla libera tecnologia para experiência de pessoas com deficiência visual

Equipamento pode ser utilizado gratuitamente em um espaço inclusivo
Divulgação/Assessoria

O Hospital de Olhos Sadalla Amin Ghanem é o primeiro hospital de Santa Catarina a adquirir o dispositivo Orcam e oferecer a tecnologia para experiência dos pacientes. Pessoas com deficiência visual ou baixa visão podem utilizar o equipamento gratuitamente em um espaço inclusivo mediante agendamento prévio.  

O Orcam é um óculos que auxilia pessoas com deficiência visual ou baixa visão, a compreender textos descritos por meio de áudio, identificar cores, objetos e utilizar a tecnologia de inteligência artificial para reconhecimento facial. 

Nos últimos dias foi inaugurada oficialmente a Sala Orcam que contou com a presença de Ádria Santos, a maior medalhista paralímpica do Brasil. É com este aparelho que Ádria passou a ter mais independência em seu dia a dia, uma vez que é uma das usuárias do dispositivo. Ela simplesmente aponta para a página do livro por exemplo e o equipamento aciona a câmera, faz uma foto do que está escrito e, imediatamente, começa a leitura. Os óculos também dizem a ela o que está escrito na caixa do remédio, ajuda a saber quanto dinheiro ela tem na carteira ou saber que produto ela tem na mão apontando para o código de barras.

A diretora do hospital, Milena Vitorio Alves, explica que o local tem por intuito humanizar, aproximar e apresentar tecnologias como essa, ampliando assim as possibilidades e garantindo mais independência. “A pessoa pode ficar um período de uma hora, conhecendo o aparelho. É só entrar em contato e agendar”, explica. 

O dispositivo é apenas um equipamento para experimentação, limitando-se na entrega de experiência ao usuário para conhecer seus recursos e funcionalidades, o paciente não passará por consulta com o oftalmologista e também não é necessário trazer exames no dia do agendamento. Para quem tiver interesse, basta agendar diretamente com a central de atendimento do Hospital de Olhos Sadalla, pelo telefone: (47) 3481-5333.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também