Governo Federal entrega 160 certificados de capacitação para mulheres catarinenses

Cursos foram oferecidos pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos aos municípios de Laguna, Tubarão e Capivari de Baixo
Divulgação/Assessoria

O Projeto Qualifica Mulher, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), certificou mais 160 participantes de cinco modalidades de cursos oferecidos em Laguna, Tubarão e Capivari de Baixo (SC). No estado, a iniciativa do Governo Federal é implementada em parceria com o Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), com recursos da Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres (SNPM/MMFDH).

As beneficiadas já estão aptas a atuar nas áreas de Geração de Renda; Tecnologia e Valorização do Trabalho Feminino, com foco em produção de crochê; Instalações Elétricas; Inclusão Digital e Cidadania; Alfabetização e Letramento. As cerimônias de entrega de certificados acontecerão ao longo desta e da próxima semana.

A titular da SNPM/MMFDH, Ana Muñoz dos Reis, comemorou o alcance do projeto. Para ela, a qualificação é mais um importante passo para a conquista da autoestima e da autonomia econômica.

“É muito gratificante ver essas mulheres de Santa Catarina tão comprometidas com a qualificação profissional, em busca de melhora na qualidade de vida. O Projeto Qualifica Mulher tem proporcionado ferramentas que contribuem para que as mulheres conquistem autonomia econômica, a confiança em si mesmas e a percepção de dignidade, que muitas vezes está ferida por questões financeiras”, destaca.

Alcance

A certificação é resultado de uma parceria firmada entre o MMFDH e o IFSC, em fevereiro de 2022. A pasta destinou R4$ 500 mil para que 490 mulheres em situação de vulnerabilidade social tivessem acesso a educação gratuita e de qualidade.

Saiba mais

Coordenador local do projeto, Leonardo Cardoso Gomes se emocionou ao ouvir relatos de mulheres que, pela primeira vez, tiveram a oportunidade de concluir um curso. “Não tenho palavras para transmitir o que foi a conclusão destas turmas. Pessoas que nunca tiveram acesso e oportunidades para concluir alguma formação puderam entender mais sobre o mundo do trabalho”, conta.

Acesse a página do Projeto Qualifica Mulher

Para dúvidas e mais informações:
[email protected]

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também