Distritos criativos: ACIF propõe a criação de ambientes de inovação e negócios nas regiões de Florianópolis

O projeto prevê a valorização econômica, cultural e ambiental na cidade
Fotos: Renato Gama

No último dia do Startup Summit, evento referência em inovação, tecnologia e novos modelos de negócios no Brasil, a Associação Empresarial de Florianópolis (ACIF), apresentou ao público presente no evento e aos líderes das principais entidades de Florianópolis, mais detalhes sobre o que já foi desenvolvido pelo projeto do novos Distritos Criativos.

O principal objetivo é estimular o desenvolvimento regional nas principais regiões de Florianópolis: Ingleses, Canasvieiras, Centro, Lagoa e Campeche.
O pontapé inicial do projeto foi dado com o movimento “Estreitar”, que compreende os bairros Estreito, Balneário e Canto. Lançado no ano passado, por uma iniciativa construída em conjunto com mais de 20 lideranças do ecossistema local – empreendedores, entidades empresariais, sociedade civil organizada, universidades e o poder público estadual e municipal, o modelo que tem subsídio técnico da UFSC é inspirado no Distrito [email protected], de Barcelona.

“O nosso foco é criar ambientes de inovação que possam permitir o desenvolvimento de territórios tendo como motor a criatividade, a cultura, a inovação, a colaboração e o empreendedorismo”, explica o presidente da ACIF, Rodrigo Rossoni.

Ação prevê a valorização econômica e ambiental, buscando desenvolvimentos regionais olhando diversos cenários, áreas e espaços públicos. O plano é dividido em quatro eixos: Desenvolvimento urbano e serviços públicos; Empreendedorismo e gastronomia; Espaços públicos, paisagem e infraestrutura e Entretenimento e patrimônio histórico cultural.

Recorde de Público

A edição deste ano do Startup Summit, reuniu 5,8 mil participantes inscritos para as atividades presenciais e 25 mil inscrições para as transmissões online. De acordo com o Sebrae, entre os presenciais, 3,1 mil  catarinenses e 36% eram provenientes de outros Estados. A maior parte era de São Paulo (714), seguida de Rio Grande do Sul (529), Paraná (413) e Minas Gerais (183).

O stand da ACIF, um dos maiores do evento, também registrou um público expressivo, com uma média de 1.500 pessoas por dia. No último dia, o lugar foi palco de palestras com temas sobre: Soluções empresariais; Câmara de Mediação e Arbitragem da ACIF; A força do empreendedorismo feminino em Florianópolis; Saúde mental no ambiente de trabalho e Jornada de Marketing.

A Incubadora Fermento, um projeto pioneiro da ABRASEL/SC, que vai possibilitar o desenvolvimento e crescimento de startups relacionadas à cadeia de valor do segmento da gastronomia, também foi parte da programação. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também