Balneário Camboriú e Camboriú terão nova edição do Selo Social

Prefeituras de Balneário Camboriú e Camboriú, ACIBALC, IFCe o Instituto Selo Social convidam empresas, órgãos públicos e entidades a se engajarem em prol de ações para melhoria de qualidade de vida na cidade
Carina Giunco, Diretora Executiva do Selo Social – Divulgação

Cada vez mais pessoas compartilham do pensamento que transformar o mundo em um lugar melhor é responsabilidade de todos nós. Apostando nessa ideia, a Prefeitura de Balneário Camboriú, a Prefeitura de Camboriú – por meio da Fundação de Meio Ambiente, a Associação Empresarial de Balneário Camboriú e Camboriú (ACIBALC), o IFC – Campus Camboriú e o Instituto Selo Social – com sede em Santa Catarina – convidam as organizações do município para o lançamento da edição 2021 do Selo Social. A ação reconhece iniciativas que transformam a comunidade e contribuem para a melhoria da qualidade de vida da população.

O evento online contará com a participação de autoridades locais e acontece no dia 16 de abril, a partir das 14h, de maneira remota, pela plataforma zoom. Este é um convite para prestigiar o lançamento do programa na cidade e contará também com uma apresentação sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, que são os indicadores que pautarão o Selo Social neste ano.

De acordo com o Presidente da Acibalc, Héderson Cassimiro, o Selo Social é um programa que une os três setores da sociedade pra estimular impactos sociais positivos. “Melhorar os indicadores socioambientais das cidades de Camboriú e Balneário Camboriú está no DNA da Acibalc, e fazer isso em conjunto com outras organizações amplia nossa força”, destaca.

Investidores Sociais

Para viabilizar a implantação do Selo Social no município, as Prefeituras não terão custo algum. Quem custeia as ações do programa são empresas locais que se comprometeram com o desenvolvimento socioambiental local patrocinando todas as etapas do Selo, para que este seja gratuito a todos os participantes.  As empresas que estão investindo no desenvolvimento social de Balneário Camboriú e Camboriú são: ALCON, Centro Universitário Avantis – Uniavan, Conjel Contabilidade e Controladoria, Credifoz, Embraed / Instituto Rogério Rosa e EQI – Agentes Autônomos de Investimentos.  A Rede Salesiana Brasil é patrocinadora nacional do Programa.

O presidente do Instituto Selo Social, Fernando Assanti, reitera o convite para que os representantes das organizações conheçam e multipliquem a ideia do Selo Social.  “Se você se interessa pelas causas sociais ou faz parte de uma organização que contribui com a cidade de alguma forma, é meu convidado especial para conhecer e ser reconhecido no Selo Social“.

 Sobre o Selo Social

O programa, articulado nacionalmente pelo Instituto Selo Social, atua na qualificação e mensuração dos resultados de ações, por meio do monitoramento e reconhecimento dos impactos sociais. É uma certificação concedida a empresas, entidades sociais e órgãos públicos que demostrem Compromisso Social. O programa já foi implantado, com sucesso, em cidades dos estados de São Paulo, Brasília, Minas Gerais e Santa Catarina. Sua obtenção tem impactado positivamente sobre a credibilidade das organizações, transformando-se em um importante diferencial.

Empresas, entidades sociais e órgãos públicos podem se inscrever gratuitamente para participar da certificação do Selo Social. Mais informações em: www.selosocial.com.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também