Becomex adquire Lean OEA e amplia sua atuação em gestão de riscos aduaneiros

• Com a aquisição, Becomex se torna a maior empresa especializada em Trade Compliance do Brasil
Divulgação/Assessoria

A Becomex anuncia a aquisição da Lean OEA – divisão de OEA da Lean Trade – como parte de seus planos para ampliar e liderar processos de Trade Compliance no País. A efetivação do negócio e investimentos em novas tecnologias, elevaram a previsão de expansão de faturamento da Becomex para este ano de 30% para 40% e a empresa espera quintuplicar até 2025 suas operações em Trade OEA (Operador Econômico Autorizado).

Antes da aquisição as empresas eram parceiras, com atuações independentes. A integração dos projetos vai oferecer solução ainda mais completa ao mercado, levando ao cliente o atendimento único, de ponta a ponta, assumindo boa parte da operação de trade das empresas.

De acordo com a Receita Federal do Brasil, cerca de duas mil empresas poderiam buscar a certificação OEA caso estivessem em conformidade com as exigências estabelecidas por lei. Contudo, pouco mais de 500 empresas são certificadas, sendo que 20% contaram com o suporte técnico oferecido pela Lean OEA.

Diante desta possibilidade real crescimento, a Becomex pretende fazer uma revisão de meta de se atingir faturamento de R$300 milhões em 2025. “Estamos lidando com um grande mercado em potencial, que com a aplicação de tecnologia, podemos quadruplicar o número de empresas certificadas”, avalia Marcos Bregantim, CEO de Gestão e Operação da Becomex.

Com a aquisição, a Becomex vai oferecer serviços especializados sobre OEA e gestão de riscos aduaneiros, unindo conhecimento e tecnologia das duas empresas referências nesta atuação, posicionando-se na liderança deste segmento no País.

“Com essa união de expertises vamos oferecer as melhores ferramentas estratégicas em OEA para atingir redução de custos logísticos, estreitar o relacionamento com Receita Federal brasileira e alcançar alto nível de compliance para atender exigências internacionais”, explica Omar Rached, diretor de Trade OEA da Becomex.

OEA – Operador Econômico Autorizado

Com cadeias de suprimentos integradas, a eficiência logística é um fator preponderante para que as empresas sejam mais competitivas nas suas operações.

O programa OEA – Operador Econômico Autorizado – é uma iniciativa mundial criada e formatada pela Organização Mundial das Aduanas.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também