Após um ano da aquisição pela multinacional Zucchetti, catarinense Compufour tem crescimento de 25% no faturamento

Focada em softwares de gestão para micro e pequenas empresas, companhia ampliou sua presença nacional e mix de soluções
Divulgação/Assessoria

A empresa catarinense Compufour, especializada no desenvolvimento de sistemas de gestão para micro e pequenas empresas, completa um ano de integração ao grupo italiano Zucchetti. A aquisição de R$ 100 milhões é a mais forte investida da organização europeia no Brasil até o momento, e atende aos planos de expansão mundial também formados por negócios na Itália, Alemanha, França, Espanha, Áustria, Suíça, EUA, entre outros. Através da integração, a Compufour, presente em mais de 42 mil negócios das áreas de varejo e serviços, ampliou seu escopo de atendimento com a convergência das soluções de ambas as empresas.

Com 26 anos de mercado, a Compufour, nascida em Concórdia, no Oeste de Santa Catarina, tem suas plataformas presentes nas cinco regiões do país. Em 2020, as soluções movimentaram aproximadamente R$ 26 bilhões, valor que deve ser ainda maior neste ano. A empresa desenvolve produtos como o Clipp360, para dar toda a mobilidade que o varejo de hoje necessita, trazendo nele recursos simples e de fácil utilização. O sistema possui a emissão de NFCe em um ponto de venda, fazendo com que o usuário do software tenha maior clareza, facilidade e agilidade no preenchimento destes documentos. O Clipp360 pode contar também com um e-commerce próprio e integrado, onde os pedidos são lançados de maneira instantânea. Tudo isso pode ser acessado de qualquer dispositivo com acesso a internet, já que é em nuvem. 

Além disso, o mix conta com o ClippPro, para gestão de micro e pequenos varejos, com total integração às exigências tributárias de todos os estados do país, e softwares específicos, como o ClippCheff, para bares e restaurantes; o ClippService, para prestadores de serviços e o ClippFácil, uma plataforma 100% online, com foco na facilidade e agilidade da gestão do negócio. A Compufour Zucchetti também lançou o ClippMei, para microempreendedores individuais, e o eCommerceC4, para comércio online.

A Zucchetti tem know-how de 40 anos no desenvolvimento de sistemas para gestão, sendo uma das maiores da Europa no segmento. A primeira software house italiana conta com mais de 6 mil colaboradores. Os clientes, presentes no mundo inteiro, somam mais de 700 mil. A versatilidade de suas soluções possibilita a Zucchetti atender diferentes segmentos, como pequenos empreendedores, empresas de grande porte, bancos e órgãos públicos de todas as dimensões.

O CEO da Compufour, Wagner Muller, comenta sobre o momento com a Zucchetti. “Desde a aquisição, crescemos o nosso faturamento em 25%. E fizemos isso sem muitas mudanças drásticas neste primeiro ano. Isso aconteceu pelo fato das culturas das equipes se conectarem muito bem, como nós já prevíamos antes mesmo da aquisição. Esse foi um ponto muito analisado e valorizado neste ano”, pontua.

Para a Zucchetti, a convergência com a Compufour é um passo decisivo em sua estratégia de expansão global, que tem se consolidado. “O Grupo Zucchetti vem expandindo significativamente seus negócios durante os últimos anos através de uma estratégia de crescimento orgânico e aquisições. Por isso, sempre estamos analisando e prospectando empresas que possam agregar valor ao nosso plano industrial de crescimento”, analisa o CEO da Zucchetti Brasil, Alessio Mainardi. “Na matemática, o valor das duas empresas depois da aquisição vai muito além da somatória dos valores individuais justamente pelo grande potencial sinérgico que enxergamos nesta operação”.

Mainardi ressalta ainda que as inovações em open banking formam um contexto bastante propício para a expansão de negócios da Zucchetti no país, tendo a solidez da Compufour como aditivo para essa movimentação. “Existe uma grande complementaridade dos ativos que cada empresa traz para o negócio. Estamos observando um movimento de aproximação dos bancos, instituições financeiras e fintechs com as software houses que trabalham com ERP ou software de automação comercial. Isso porque existe um entendimento de que as empresas de software podem influenciar as transações financeiras e a cadeia de valor”, aponta. “Faz todo sentido para a Zucchetti investir em uma empresa que movimenta através de suas soluções R$ 26 bilhões por ano”.

A aquisição ampliou significativamente o alcance das empresas em escala de atendimento e qualidade e trouxe benefícios a clientes, parceiros e colaboradores, além de promover forte impacto em seu mercado de atuação. “Participamos de um grupo multinacional, onde enxergamos um horizonte muito mais amplo. Temos potencial de crescimento para o futuro e estamos ampliando nossa participação no grupo, com várias possibilidades. E estamos apenas no primeiro ano dessa parceria. Nosso objetivo é expandir os negócios da Zucchetti para a América do Sul e América Latina”, avalia Muller.

Em 2021, a Zucchetti seguiu com sua estratégia de expansão e M&A, buscando uma nova vertical de serviços para empresas brasileiras: tecnologia para gestão de pessoas e carreiras.

Elofy: a mais recente aquisição do grupoNo dia 11 de junho de 2021, o grupo anunciou que adquiriu o controle acionário da startup Elofy, desenvolvedora de sistema para gestão de pessoas, que trabalha com o desenvolvimento e engajamento de colaboradores de empresas como Sicredi, Dasa e EDP Brasil. A aquisição de 51% das ações da startup teve o valor de R$ 5,6 milhões, com um contrato variável que pode chegar a R$ 40 milhões e um controle de 100% em três anos. A operação faz parte da estratégia de investimento e expansão da multinacional em soluções para o setor de recursos humanos de organizações no Brasil.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também