Bairros de Florianópolis ainda registram falta de energia elétrica após vendaval de terça

Rajadas de vento chegaram a 85 km/h na terça-feira; ainda não há previsão para que o fornecimento seja normalizado

15.05.2019

O Leste da Ilha ainda registra falta de fornecimento de energia elétrica em decorrência das fortes rajadas de vento que acometeram Florianópolis e região na terça-feira (14).

Durante a manhã desta quarta-feira (15), os trabalhos de emergência se concentraram, principalmente, nos bairros Lagoa da Conceição e Costa da Lagoa.

Segundo a Celesc (Centrais Elétricas de Santa Catarina), o fornecimento de energia elétrica para algumas unidades consumidoras desses bairros ainda não foi restabelecido devido à dificuldade de acesso por parte das equipes.

Ainda não há previsão para que o fornecimento seja completamente normalizado.

Por volta das 10h30 desta quarta-feira, Santo Amaro da Imperatriz, na Grande Florianópolis, também registrou mais de 3.700 unidades consumidoras sem energia. O abastecimento na região já foi regularizado.

Norte da Ilha

O Norte da Ilha registrou, no final da manhã desta quarta-feira, mais de 5.300 unidades consumidoras sem energia. Segundo a Celesc, um caminhão colidiu e derrubou um poste na saída da Subestação Ingleses, localizada na avenida Internacional, junto ao trevo da Rua Elias Daux (Rua do Futuro).

Até as 11h30, as equipes seguiam no local para o remanejamento de carga e a substituição do poste. Ainda não há previsão para que os trabalhos sejam finalizados.

Fortes rajadas de vento

Os ventos chegaram a 85 km/h, segundo a Defesa Civil, e deixaram cerca de 60 mil unidades consumidoras sem energia elétrica na Grande Florianópolis.

Em alguns locais, conforme o boletim das Celesc, foram registrados quedas de galhos e árvores, além de outros objetos que foram lançados sobre a rede. Também houve casos de rompimento de condutores, segundo a companhia.

Devido às condições climáticas, o sistema de autoproteção das redes também interrompeu o fornecimento de energia por questão de segurança.

Regiões atingidas

Ao todo, foram 16 ocorrências em alimentadoras de energia que atendem principalmente as regiões do Norte e Sul da Ilha, Lagoa da Conceição, Agronômica, Centro e Trindade, além dos municípios de São José, Palhoça, Águas Mornas e Santo Amaro da Imperatriz.

As equipes de atendimento emergencial foram acionadas com reforço operacional abrangendo toda a região atingida. Até o fim da tarde, cerca de 66% das unidades haviam restabelecido o fornecimento, restando, naquele momento, pouco mais de 20 mil unidades consumidoras ainda sem energia.

Durante o período noturno, as equipes trabalharam para recompor as ocorrências para cerca de 10 mil unidades consumidoras que ainda estavam sem energia.

Fonte: ND+

Voltar ao Topo

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Envie sua notícia

(47) 99262-4189

© 2019 SANTA CATARINA NEWS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
Livre reprodução, transmissão ou redistribuição dos conteúdos sem edição. Pede-se a citação do crédito.

Site desenvolvido por: