Agosto Dourado: São José realiza ações de incentivo ao aleitamento materno

O objetivo é alertar a sociedade sobre a importância da amamentação

12.08.2019

O oitavo mês do calendário simboliza uma luta importante para os primeiros anos de vida de um bebê. O Ministério da Saúde escolheu a data para celebrar a campanha “Agosto Dourado” em incentivo à amamentação. O dourado representa o “padrão ouro de qualidade” do leite materno, que é de extrema importância para vida das crianças. Pensando nisso, a Prefeitura de São José preparou uma programação para promover e apoiar o aleitamento materno.

Este ano, a campanha tem como tema “Capacite os pais e permita a amamentação agora e no futuro!”. De acordo com a secretária de Saúde, Sinara Simioni, o objetivo é enfatizar a importância do envolvimento de todos os familiares próximos, e não apenas da mãe, para que seja possível o aleitamento materno exclusivo nos primeiros seis meses de vida e de forma complementar até os dois anos de idade.

Em São José, a mobilização começou no mês de julho, quando a cidade foi sede para a Estratégia Amamenta e Alimenta Brasil (EAAB). Lançada em 2012, a iniciativa tem o objetivo de qualificar o processo de trabalho dos profissionais da atenção básica para reforçar e incentivar a promoção do aleitamento materno e da alimentação saudável para crianças menores de dois anos no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). A oficina buscou qualificar profissionais de referência que são responsáveis em disseminar a estratégia e realizar oficinas de trabalho nas suas respectivas equipes e Unidades Básicas de Saúde (UBS).

Ao longo do mês de agosto, as ações estão sendo promovidas nas unidades de saúde para chamar a atenção para o tema. 

No dia 14, está prevista a realização do I Seminário de Aleitamento Materno “Leite Materno, um alimento perfeito para dar e doar”, organizado pelo CORAMA. O evento será realizado no Centro Universitário Estácio de Sá, das 8h às 17h, com a participação de profissionais e estudantes da área da Saúde.

No dia 20 de agosto, na UBS Santo Saraiva haverá uma ação com as profissionais da ESF e pediatra, com atendimento de grupo e Mamasso. E nos dias 3 e 4 de setembro, será realizado umCurso de Aleitamento Materno voltado para servidores da saúde da Prefeitura de São José.

Outra ação é o início da elaboração do protocolo e a capacitação para a abertura, na Policlínica de Forquilhinha, do Centro de Incentivo ao Aleitamento Materno (CIAM), que fornecerá atendimento especializado com o objetivo de auxiliar e incentivar o aleitamento materno no município.

Sobre a amamentação

O Ministério da Saúde recomenda a amamentação até os dois anos de idade ou mais, com aleitamento materno exclusivo até os seis meses, ou seja, sem necessidade de sucos, chás, água e outros alimentos. Quanto mais tempo o bebê mamar no peito da mãe, melhor para ele e para a mulher.

Depois dos seis meses, a amamentação deve ser complementada com outros alimentos saudáveis e de hábitos da família. Amamentar é muito mais do que nutrir a criança; é um processo que envolve interação profunda entre mãe e filho, com repercussões no estado nutricional da criança, em sua habilidade de se defender de infecções, em sua fisiologia e no seu desenvolvimento cognitivo e emocional.

Sobre o Agosto Dourado

O mês já é símbolo da luta de muitos pelo incentivo à amamentação e o laço dourado é uma maneira de promover o valor da amamentação para a sociedade. A cor simboliza que a amamentação é o padrão ouro para a alimentação infantil e a prática beneficia a mulher, o bebê e a família.

Fonte: Informe Floripa

Voltar ao Topo

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Envie sua notícia

© 2019 SANTA CATARINA NEWS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
Livre reprodução, transmissão ou redistribuição dos conteúdos sem edição. Pede-se a citação do crédito.

Site desenvolvido por: