Ciclista morre atropelado durante treino em rodovia de Santa Catarina

O ciclista Edson Luiz Rezende, de 33 anos, morreu atropelado nesta sexta-feira (3) no km 202 no sentido Sul da BR-101, em São José, na Grande Florianópolis. Na hora do acidente ele treinava em uma bicicleta dupla junto com um deficiente visual, que teve ferimentos leves.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF-SC), os dois ciclistas seguiam na marginal quando um caminhão fez uma conversão à direita. O motorista do caminhão, que não teve ferimentos, prestou socorro no local.

Edson era ciclista da equipe do Avaí, em Santa Catarina, e competia também no cenário paralímpico. Em 2015, nos Jogos Parapan-Americanos de Toronto, levou a medalha de bronze.

Acidente em rodovias federais
Segundo a PRF, de 1º de janeiro de 2019 até esta sexta, ocorreram 88 acidentes com ciclistas em rodovias federais. Desse total, 77 pessoas ficaram feridas e sete morreram.

No ano inteiro de 2018, foram 258 acidentes, com 255 feridos e oito mortos. Os números levam em conta o condutor da bicicleta e também as pessoas transportadas na garupa.

Notas de pesar
Em nota, a Federação Catarinense de Ciclismo comunicou o falecimento do atleta: "Um trágico acidente de trânsito tirou a sua vida, estava de guia de um paraciclista, o qual era piloto. A todos os familiares e amigos, os nossos mais sinceros sentimentos de solidariedade e pêsames".

A Prefeitura de São José também emitiu nota. Edson representava o município em competições estaduais e nacionais e atuava nos projetos da Fundação Municipal de Esporte e Lazer. Na nota, a prefeitura lamenta o ocorrido.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também