Chuva provoca estragos e deixa moradores desalojados em cidades do Norte de SC

Em poucas horas entre este sábado e domingo (17), várias cidades do Norte catarinense enfrentaram problemas com as chuvas. Em Joinville, em quatro horas o volume de chuva passou a barreira dos 136 milímetros e causou alagamentos. Já nas cidades litorâneas de São Francisco do Sul, Balneário Barra do Sul e Barra Velha, foram reportados problemas como quedas de árvores e desalojamentos. Confira a situação de cada cidade:

São Francisco do Sul
– Alagamentos foram registrados na região dos balneários, o que em alguns pontos deixou moradores e turistas ilhados, em especial, na região da Praia do Ervino. Houve ainda ocorrências de desmoronamentos e quedas de árvores nas vias públicas nas regiões central e dos balneários, principalmente Majorca e Enseada. Conforme dados da Epagri/Ciram, nas últimas 24 horas choveu cerca de 92mm na cidade. A Defesa Civil vai emitir relatório por volta das 19 horas.

Guaramirim
– A Defesa Civil contabilizou pequenos deslizamentos, sem gravidade, e alagamento de uma rua.

Garuva 
– O bairro de Mina Velha foi o mais atingido pela chuva. Na SC-415, houve alagamentos sob a via, e residências também ficaram alagadas. Dados da Epagri/Ciram mostram 133mm nas últimas 24 horas.

Itapoá  
– A Prefeitura aponta situação preocupante, com vários pontos de alagamento. Não há registro de pessoas desalojadas até às 14h deste domingo. A área mais atingida é da Barra do Saí. A Defesa Civil trabalha e monitora a situação nesta tarde. No município, o volume de chuva bateu 147mm desde a tarde de sábado (16).

Barra do Sul
A cidade tem diversos pontos de alagamentos, muitos desalojados, e a Defesa Civil trabalha com auxílio de barcos. Veículos chegaram a ficar submersos e as famílias estão sendo retiradas das áreas de risco pela Defesa por meio das embarcações. 137mm em 24 horas foi o volume de chuva na cidade, conforme dados da Epagri/Ciram.

Joinville
– Os rios Águas vermelhas e Cubatão encheram. Teve queda de muros e deslizamentos no Anita Garibaldi, Vila Nova, Itaum, João Costa. Nos bairros da região central foram constatados alagamentos. Uma parede desabou na rua Irton de Souza Leal, no Paranaguamirim. Defesa civil mantém alerta e destaca volume de chuva superior a 130mm em quatro horas.

​Pico da maré no Rio Cachoeira chega a 1,6 metros em Joinville​

Barra Velha
– A situação da cidade é delicada e, conforme a Defesa Civil há vários pontos de alagamentos. Há desalojados, mas o órgão municipal ainda contabiliza os estragos e as medidas que serão tomadas. Choveu 151mm na cidade desde sábado (16). Os bombeiros militares registraram ao menos três ocorrências de resgate: uma delas às 12h30 na Rua Germano Martins, no bairro Itajuba, em que as águas teriam entrado em uma residência com criança. Em outro boletim, na Rua José Quintino Pereira, também no Itajuba, um homem estava "ilhado" dentro de um veículo e também teve de ser resgatado pelos bombeiros. No centro, na Rua Idio dos Passos, outra pessoa estava ilhada em sua residência devido as chuvas.

Jaraguá do Sul
– Apesar de também registrar elevado volume de chuva, não houve ocorrências na cidade até o momento.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também