Bancada do Oeste de SC debate obras de infraestrutura e turismo para a região

Deputados que integram a Bancada do Oeste estiveram reunidos nesta quinta-feira (23), virtualmente, para tratar da situação da BR-163, que liga São Miguel do Oeste a Dionísio Cerqueira, do projeto para construção do anel viário de São Miguel do Oeste, da operacionalização dos aeroportos regionais e do fortalecimento do turismo regional. Os parlamentares defendem que o governo federal precisa definir um cronograma das obras, que leis consolidadas no estado devam ser revistas para atrair investimentos para que aeroportos menores recebam voos regulares e que o turismo regional deva ser fomentado.

No encontro, o coordenador da Bancada do Oeste, deputado Mauricio Eskudlark (PL), explicou que entidades de classe defendem o uso da área privada que foi destinada para a implantação do contorno viário de São Miguel do Oeste. Eskudlark informou ainda que as obras restauração da BR-163, entre São Miguel do Oeste e Dionísio Cerqueira, estão bem adiantadas com previsão de conclusão em 2022, quando também deverão ser iniciadas as obras do contorno viário de São Miguel do Oeste.

De acordo com o parlamentar, até dezembro deste ano, a BR-282, de Chapecó a São Miguel do Oeste, deverá estar com 80% das obras de restauração concluídas e que neste mesmo período a BR-158, entre Maravilha a Iraí (Rio Grande do Sul), também continuará a receber obras de restauração. “A nossa expectativa é de que essas obras não parem. O governo federal tem mantido os recursos para realização destas restaurações.”

Aeroporto
A operacionalização dos aeroportos regionais também foi tratada na reunião virtual. O aeroporto de São Miguel do Oeste é considerado estratégico para o desenvolvimento da região, mas ainda não tem estrutura adequada. O coordenador da Bancada do Oeste observou que leis já consolidadas no estado devem ser revistas para atrair investidores e estimular que os aeroportos menores recebam mais voos regulares.

O vice-presidente regional da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), Astor Kist, defendeu que a população do Extremo Oeste receba voos regulares para a melhoria da competitividade da economia da região e da qualidade de vida da população. A deputada Marlene Fengler (PSD) lembrou que no ano passado a Bancada do Oeste fez um pedido ao governo estadual para incluir o aeroporto regional de São Miguel do Oeste no programa de regionalização dos pequenos aeroportos e teve, na época, a confirmação do então secretário da Infraestrutura, que o aeroporto estaria no programa.

Turismo regional
A Bancada do Oeste debateu ainda sobre a importância do setor do turismo para o desenvolvimento da região. Deputados e representantes de entidades acompanharam a apresentação de um vídeo institucional, produzido pela TV da Assembleia Legislativa, no qual são destacadas as belezas naturais, entre outros atrativos e peculiaridades, do Grande Oeste. A ideia é incentivar e fortalecer o turismo regional em Santa Catarina. Os deputados destacaram que vão atuar para buscar caminhos de fomento ao setor.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também