Avaí­ despacha o Brasil, embolsa valor milionário e agora encara o Vasco da Gama

O Avaí venceu o Brasil de Pelotas (RS) pelo placar de 2 a 0, garantiu sua vaga na terceira fase da Copa do Brasil e agora encara o Vasco da Gama. O Leão embolsou quase R$1,5 mi pela classificação e espera, na manhã desta sexta-feira, o sorteio dos mandos para saber onde e quando encara o gigante carioca.

Daniel Amorim, no segundo tempo, fez dois gols, chegou a quatro na competição e se isolou na tábua de artilheiros.

O jogo
É consenso entre as equipes, sobretudo dos andares mais baixos do futebol, que o título da Copa do Brasil é algo meio utópico. Também por isso, os clubes mobilizam-se e buscam ir o mais longe possível e isso não acontece por “status”, e sim, pela grana envolvida na competição mais rica da América do Sul.

Além do valor relacionado, cerca de R$1,5 milhão, a partida colocara em jogo a chance de disputar a próxima fase diante do Vasco da Gama, em duelo de ida e volta, que já deve acontecer na próxima semana.

Tamanha carga envolvida influenciaram diretamente no jogo que foi brigado (foram seis cartões amarelos em 45 minutos) e muito estudado. Apesar das chances, os goleiros assistiram a partida de dentro do campo já que tanto Vladimir, do Avaí, como Carlos Eduardo, do Brasil, não fizeram intervenções.

“Milagre” em quatro minutos

Junto com o retorno do intervalo, crescia a expectativa dentro da Ressacada da melhora do cenário azurra. Essa volta foi melhor do que a encomenda. Com quatro minutos de bola rolando na segunda etapa o Avaí já tinha 1 a 0 no placar e o adversário com um a menos em campo.

Daniel Amorim, artilheiro máximo do Leão dem 2019, “resolveu” em menos de 15 minutos. Primeiro aproveitou corta-luz do centroavante Getúlio e completou para o gol de Carlos Eduardo. Foi sua primeira chance no jogo.

Pouco tempo depois, em falta cobrada do lado esquerda, o centroavante ganhou de cabeça e venceu o goleiro, mais uma vez. Nono gol dele na temporada, quarto na Copa do Brasil e artilharia máxima da competição.

A partir dali o jogo foi só de administração para o Leão da Ilha. Fim de jogo e muita festa da torcida azurra.

O Avaí, sem muito tempo para comemorar, já retorna suas atenções ao Catarinense onde volta a campo no domingo contra o Hercílio Luz, no Sul do Estado, as 18h.

Ficha técnica:

Avaí (2): Vladimir; Alex Silva (Falcão), Marquinhos Santos, Betão e Iury; Pedro Castro, Matheus Barbosa, João Paulo, André Moritz (Luan Pereira) e Getúlio; Daniel Amorim (Caio Paulista). Técnico: Geninho.

Brasil (0): Carlos Eduardo; Ricardo Luz, Leandro Camilo, Nirley e Pará; Leandro Leite, Sousa, Daniel Cruz (Bruno Paulo) e Diogo Oliveira; Branquinho e Michel (Héverton). Técnico: Gustavo Papa.

Gols: Daniel Amorim (2 e 11/2T)

Cartões amarelos: Marquinhos Silva, Betão, Iury (AVA); Carlos Eduardo, Héverton, Ricardo Luz, Leandro Leite, Sousa, Daniel Cruz, Diogo Oliveira, Branquinho (BRA).

Cartão vermelho: Nirley (BRA)

Arbitragem: Marcelo de Aparecido Ribeiro de Souza (PB); com Oberto da Silva Santos (PB) e Kilden Tadeu Morais de Lucena (PB).

Local: estádio da Ressacada. Data: 07/03/19

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também