Alunos são suspeitos de planejar atentado em escola de Balneário Camboriú

A diretora da Escola de Ensino Básico Ruizelio Cabral, situado no bairro Nova Esperança em Balneário Camboriú/SC, acionou a a Polícia Militar informando que dois alunos, ambos de 17 anos, estavam conversando sobre realizar atentados no colégio. Imediatamente a Diretora avisou a Polícia Militar de Santa Catarina através do 190. O caso aconteceu na última sexta-feira (29).

Ao chegar no colégio, os Policiais Militares conversaram com os dois alunos e revistaram suas bolsas. Nada de suspeito foi encontrado, e segundo eles, não tinham intenção de cometer nenhum atentado, só falaram que se interessam por assuntos ligados ao tema. Diante disto, os Policiais Militares acharam por bem, ir até as residências dos adolescentes.

Nas residências, devidamente autorizado por seus responsáveis, os Policiais Militares revistaram os quartos e encontraram na casa de um deles, 12 munições de calibre .22 deflagradas e 4 munições intactas, na do outro, foram encontrados dois livros relacionados ao islamismo, souvenires militares e de “airsoft”, um artefato tipo sinalizador de fumaça.

Diante dos fatos a Guarnição PM encaminhou todos para a Delegacia para que prestassem depoimento a fim de esclarecer o ocorrido. Para acompanhar a situação, foi acionado o Conselho Tutelar. Após os depoimentos todos foram liberados. Com os adolescentes não foi encontrado nada que pudesse colocar em risco outros alunos ou professores.

Preventivamente a Polícia Militar irá realizar rondas em todos os Colégios Públicos e Particulares da rede de ensino do Município de Balneário Camboriú.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também