Alimentos à base de arroz contribuem no aumento da imunidade

Fonte de carboidratos, minerais e vitaminas, cereal compõe a linha de bebidas vegetais, farinhas e mixes da RisoVita
Divulgação

Você sabia que o arroz e os diversos tipos de alimentos derivados do cereal podem contribuir para o aumento da imunidade de quem os consome? Fonte de carboidratos, minerais e vitaminas, o grão torna-se um grande aliado, principalmente em momentos de pandemia como o que as pessoas estão enfrentando, quando muitos permanecem reclusos dentro de suas próprias residências e preocupados com a Covid-19.

No cenário atual que vive a sociedade, manter bons níveis de imunidade tornou-se o grande objetivo de grande parte da população. Um estudo da Associação Brasileira de Supermercados (Abras) apontou que 36% dos consumidores passaram a inserir em sua alimentação diária, alimentos e bebidas que consideram ser benéficos para o sistema imunológico. Além disso, registros do Google Trends Brasil destacam que a busca por “como aumentar sua imunidade” cresceu 136% entre fevereiro e maio de 2020.

É nessa procura por imunidade, que entra o consumo de alimentos à base de arroz. Os carboidratos do grão ajudam na restauração e desenvolvimento dos tecidos e são, inclusive, fonte de minerais, como o fósforo, o ferro e o potássio, uma composição que colabora para o sistema imunológico. O fósforo age beneficamente no sistema nervoso, assim como o ferro ajuda a evitar problemas de sangue e favorece o crescimento do número de anticorpos.

Além disso, são fonte de carboidratos e, consequentemente, de energia direta para quem consome. “Em um momento como o que vivemos, com as pessoas muito mais em casa, este torna-se um fator de extrema importância, uma vez que o consumo de carboidratos dá um gás para o organismo”, explica o gerente nacional comercial da RisoVita, Jorge Amaral.

Não menos importante, os alimentos à base de arroz também contam com a presença de vitaminas do Complexo B:

  • Tiamina (vitamina B1): age no metabolismo, aliada ao cérebro, produzindo energia para o corpo todo e auxiliando na produção de neurotransmissores;
  • Riboflavina (vitamina B2): além de transportar energia para o corpo, ajuda a absorver nutrientes, quebrar gorduras, e produzir anticorpos e hemoglobina, e ainda tem ação anti-inflamatória;
  • Niacina (vitamina B3); serve para ajudar na oxidação de carboidratos e melhorar o sistema digestivo.

“Muita gente compra suplementos para repor essas vitaminas e é algo que já existe no arroz em uma boa proporção. E os produtos da RisoVita, como as bebidas vegetais à base do cereal, mantém todas essas características”, garante Amaral.

Por fim, por não terem glúten, tais alimentos também possuem ação anti-inflamatória e ajudam no sistema nervoso.

Sobre a RisoVita

RisoVita é uma das marcas da Fumacense Alimentos, reconhecida pelo pioneirismo e tecnologia na fabricação de produtos à base de arroz. Por usar como matéria prima um cereal hipoalergênico, é de fácil digestão e pode ser indicado para dietas com restrição ao glúten, ao leite e à soja. A linha conta com bebidas de arroz nas versões líquida e em pó, farinha de arroz e mistura para pães e bolos.

A RisoVita, inclusive, foi pioneira na América Latina, com o início da produção de bebida de arroz em 2014. Atualmente, os produtos da marca podem ser encontrados em 5.900 pontos, entre supermercados e lojas de produtos naturais de 15 estados em todas as regiões do Brasil.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também