Vida ou Morte

klimkin por Pixabay

O que valeria entrar com aquele pensamento: Que seja vida ou morte?!
Será que valeria a pena se perder para se jogar num mundo totalmente diferente do seu?
Se sujeitar a situações de risco?
Talvez até ser subjugado?
Tudo, isso mesmo, exatamente tudo que lhe cause dor ou qualquer tipo de desconforto não vale a pena.
Tudo se renova, se vieste do pó e ao pó retornarás então não temas…
Aproveite o percurso, já que tudo que é vivido nada se perde, nada se extingue.
Enquanto houver vida haverá uma possibilidade de mudança.
Talvez seja necessário morrer para o mundo para viver o sagrado.
Poderia perguntar como fazer isso.
Deixar de lado tudo aquilo que torna o ilusório atraente e irresistível.
O primeiro passo é honrar a si mesmo, pois sois o templo do Pai, não permita que lhe façam mal, mesmo que isso venha disfarçado com aquela bela palavra “amor”.
Amor não denigre, não fere o corpo nem a alma do outro.
Mesmo que o outro não veja, ainda sim faz o bem já que isso lhe traz paz e te eleva.
Tome cuidado com quem traz próximo a ti, a traição vem de um “amigo” e não de um desconhecido.
Toda e qualquer atitude deve ser observada, ponderada, pensada quantas vezes forem necessárias.
Ainda não é momento de pegar “o ônibus das três da manhã”, mesmo que talvez neste momento não veja uma saída.
Sua jornada é longa, há ainda muitas coisas a serem vividas e aprendidas.
Tudo se renova a cada amanhecer e encerra ao anoitecer.
Então me diga o que gostaria que não se repetisse?
Ame-se!
Cuide-se!
Honre –se!
Seu sonho será realizado mesmo que ele foi destruído antes, será honrado conforme vossa fé.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também