Renault melhora a pioneira Oroch

Renault Oroch 2023. Foto: Rodolfo Buhrer / La Imagem
Divulgação/Rodolfo BuhrerL – a Imagem

A Renault foi pioneira no Brasil com o lançamento da Duster Oroch em 2015, modelo que estreou um novo segmento no mercado brasileiro, que atendia o público que queria mais que a Fiat Strada e menos que a Toyota Hilux.

Não demorou muito para ter a concorrência da Fiat Toro, que com seus atributos e uma boa variedade de versões vem liderando o mercado desde então. O mercado vai ficar ainda mais agitado, pois recentemente tivemos a chegada da Ford Maverick e em breve chega a nova Chevrolet Montana.

O Santa Catarina News teve a oportunidade de conhecer e avaliar a linha Oroch 2023, que deixou de ser Duster e passou a contar com a opção do novo motor turbo 1.3 TCe Flex de 170 cavalos de potência e 27,5 kgfm de torque e transmissão CVT XTRONIC de oito velocidades na versão Outsider.

Esse conjunto acelera de 0 a 100 km/h em 9,8 segundos com velocidade máxima de 189 km/h. Com gasolina, o consumo na estrada é de 11 km/l e na cidade de 10,5 km/l. Com etanol, o consumo é de 7,8 km/l no percurso rodoviário e 7,4 km/l no urbano.

Já as versões PRO e Intense são equipadas com motor 1.6 SCe de 120 cavalos de potência e 16,2 kgfm de torque e transmissão manual de seis velocidades. Com um melhor escalonamento de marchas, essas versões aceleram de 0 a 100 km/h em 11,8s com velocidade máxima de 169 km/h.

A linha Oroch 2023 traz ainda o sistema Start&Stop em todas as versões, que desliga o automóvel automaticamente em semáforo ou outras paradas prolongadas. Este moderno sistema garante uma economia de até 5% de combustível no trânsito urbano.

Além disso, a picape também tem a função ECO, que altera parâmetros do acelerador e do ar-condicionado para obter um menor consumo. Todas as versões adotam os pneus LTX Force da Michelin de medidas 215/65 R16, verdes e de uso misto.

No design, a dianteira da linha Oroch 2023 ganhou nova grade frontal e para-choque, bem como recebeu elementos redesenhados como o ski frontal e faróis de neblina. As novas linhas ampliaram o ângulo de entrada, que passa a ser de 27,6º, aumentando ainda mais a capacidade do modelo em situações fora-de-estrada.

Conta também com novas barras de teto, que suportam até 80 quilos, santantônio redesenhado e rodas de liga leve com visual inédito, sendo na cor cinza na versão Intense e com acabamento biton diamantado na Outsider.

Na traseira, novas lanternas com acabamento fumê e o novo logo Oroch destacado na tampa. Em todas as versões, o protetor de caçamba é de série, aumentando a versatilidade e a proteção do compartimento de carga.

A versão Outsider traz ainda um exclusivo conjunto estético de alargadores de para-lamas, faróis de neblina auxiliares e frisos laterais. A caçamba comporta 683 litros e traz 1.175 mm de largura e 1.350 mm de profundidade. Para ajudar no transporte de carga existem oito anéis de fixação, cada um suporta 50 quilos, que podem ser rebatidos quando não estão em uso. A tampa da caçamba suporta até 80 quilos. A capacidade de carga total do veículo é de até 680 quilos.

Por dentro o modelo chega com novo painel, laterais de porta e acabamento de bancos, bem como novas tecnologias para conectividade e Easy Life. O painel concentra as principais mudanças internas, com novo design, mais horizontal, com aeradores retangulares e acabamento em prata fosco, bem como botões de comandos bem-posicionados ao centro, com fácil acesso.

A versão Outsider traz acabamentos internos na cor laranja Corail, no painel e costuras dos bancos.

O quadro de instrumentos traz novo design, com velocímetro digital ao centro, enquanto o volante também é novo, com acabamento escovado e botões retroiluminados.

As versões Intense e Outsider também trazem uma grande novidade que é a nova central multimídia de oito polegadas flutuante EasyLink, com conectividade sem fio para smartphones por meio do Android Auto e Apple CarPlay.

As versões Intense e Outsider da Oroch também recebem os retrovisores com regulagem elétrica e sensores de manobra em ré de série. A versão Outsider, por sua vez, inaugura outras tecnologias de conforto e comodidade, como o ar-condicionado digital automático, câmera de ré, sensor crepuscular, que permite o acendimento automático dos faróis, sensor de chuva, bem como a iluminação Follow Me Home, que mantém os faróis acesos por períodos configuráveis de 30 a 120 segundos.

A linha recebeu um completo pacote de segurança ativa que garante a segurança dos ocupantes em diferentes condições de rodagem e que está presente em todas as versões do modelo.

Agora, a picape é equipada com Controle de Estabilidade (ESP), Controle de Tração (TCS) e tecnologias que permitem retomada segura do controle do veículo em situações de baixa aderência ou de perda de controle direcional, atuando individualmente nos freios de cada roda, bem como na aceleração.

A picape passa a adotar o Assistente de Partida em Rampas (HSA), que retém o veículo na posição em pisos inclinados por dois segundos, até o motorista acelerar, permitindo ao condutor uma partida segura, mesmo em condição de carga máxima. Outra tecnologia inédita no modelo é o Sistema Anti-Capotamento (RMI), que detecta uma condição de inclinação excessiva da carroceria e atua em conjunto com o ESP e o TCS para evitar o tombamento.

A Oroch 2023 também é equipada com freios ABS com BAS (Brake Assist System) que mantém a pressão máxima de frenagem em emergências, potencializando o uso do ABS e reduzindo o espaço para parar o veículo.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também